Humidade na Colmeia

De 2011 a 2017 mais ou menos,

perdemos uma quantidade razoável de colmeias, durante o IInverno.

humidade na colmeia

Apesar do Inverno na nossa região não ser o mais rigoroso, em termos de temperaturas baixas, os mínimos que normalmente podemos atingir é de 1ºC às vezes -3ºC,

mas não acontece por muitas noites seguidas e durante o dia sobe sempre alguns graus.

Mas perdemos muitas colmeias para a humidade.

Nos últimos 2 anos isso não aconteceu, e não é preciso ser um adivinho para saber porquê.

Só temos que agradecer a Emile Warré, que teve todo o trabalho de inventar as colmeias warré, há pelo menos 70 anos ele sabia que as abelhas poderiam sobreviver aos piores invernos por isso lhe agradecemos.

Numa colmeia warré as abelhas ficam quentes e secas com poucas caixas de mel.

Isto é muito importante porque as colmeias que são muito grandes e que foram projetadas para exigir muita ventilação para evitar o acúmulo de umidade fazem com que as abelhas precisem consumir muito mel, mesmo grandes quantidades de mel para se aquecer.

Eu gosto das colmeias warré feitas com madeira de pinho, porque ajuda a dissipar a humidade, estas colmeias são isoladas com um quilt, e dimensionadas para que as abelhas possam ficar mais quentes, com mais facilidade.

Esta é, talvez a principal razão pela qual a maioria das nossas abelhas viveu num Inverno cheio de humidade, quando tantas outras morrem.

As colonias sobreviveram com muito menos Mel, do que com as colmeias modernas precisam para sobreviver e eram estas que tínhamos entre os anos 2011 a 2017.

apicultura natural

Adoraria ouvir a sua opinião e responder às suas dúvidas, caso elas existam. Deixe um comentário abaixo.

E não deixe de compartilhar esse artigo com os seus amigos e contatos. Use os botões para escolher sua rede social favorita. Ficarei agradecida.

E se você deseja receber as atualizações do blog em primeira mão, não deixe de cadastrar seu e-mail no formulário abaixo ou no topo do site.

É um prazer tê-lo como leitor. Desejo o melhor para a sua vida.

Boa Apicultura

Sónia e Luís Costa


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: